• Team Impakt Agency

Os anúncios do Stories estão criando novas oportunidades para os anunciantes.

No geral, os consumidores passam mais tempo imersos em histórias do que percorrendo feeds de notícias. Felizmente para os anunciantes, o formato do anúncio no Stories oferece mais opções de exibição do que outros formatos sociais.

A aparência e a função de suas histórias determinarão se os consumidores se envolverão com ela, especialmente em um mercado saturado. Quando criado intencionalmente - usando ótimo texto e peças criativas com uma clara ordem de ação - você aproveitará ao máximo seu investimento.


30-second summary:


Na CES 2020, o Facebook anunciou que quatro milhões dos sete milhões de anunciantes da rede social estão usando o formato de anúncios Story no Facebook, Instagram e Messenger. Isso marca um crescimento significativo dos três milhões de anunciantes relatados pela empresa em abril de 2019.

Com um aumento tão acentuado nos gastos com o Stories, é justo pensar em como os profissionais de marketing devem ajustar sua abordagem aos anúncios sociais para obter o melhor retorno possível. As rápidas melhorias na tecnologia de anúncios enfatizam mais o desempenho nos últimos anos à custa da criatividade, mas isso está prestes a mudar.

Os anúncios projetados especificamente para o formato de Histórias têm um desempenho melhor - simplesmente exibindo seus anúncios de feed de notícias ou recortes de seus recursos de TVC, pois o Stories não oferece os melhores resultados. Anúncios visualmente atraentes permitem que as marcas contem sua história de maneira mais expressiva, capturando e prendendo a atenção do consumidor facilmente distraído de hoje.

As histórias convencem os CMOs da importância de serem visualmente impressionantes em um mundo onde os feeds de todos estão repletos de recursos visuais de nível profissional. Não basta mais ser "bom o suficiente" - para se destacar da multidão, seus anúncios devem ser criados com muito bom gosto e comunicar sua mensagem em segundos.

A linha inferior é que o conteúdo que "parece um anúncio" será ignorado, mas o conteúdo que se integra perfeitamente ao conteúdo que os consumidores já estão consumindo nas redes sociais terá uma chance muito maior de captar a atenção.


Usando criatividade para impulsionar o desempenho dos anúncios do Stories

Nossa convicção é que os recursos criativos de conteúdo no estilo do Stories ultrapassarão o consumo de feeds de notícias. E, os consumidores tendem a concordar. Pesquisamos entre 1.000 consumidores e descobrimos que um vídeo criativo ou atraente (35%) é um fator importante que influencia a decisão dos consumidores de comprar um produto por meio de um anúncio de mídia social, seguido por depoimentos de clientes (32%) e participação de influenciadores (26 por cento).

No entanto, como muitas empresas aproveitam esses formatos de publicidade poderosos e criativos, a concorrência para capturar a atenção dos consumidores está em um nível histórico. As marcas que podem criar e exibir anúncios de história atraentes visualmente - um único ou um carrossel, em um formato vertical, com vídeos curtos - verão um aumento nas conversões de campanha e proporcionam o maior retorno sobre os gastos com anúncios.

Ao desenvolver o Stories, os anunciantes precisam ter em mente o cansaço dos anúncios dos consumidores. Campanhas que não são criadas e exibidas com cuidado podem causar uma reação negativa do seu público-alvo


Os fundamentos dos anúncios de Stories de sucesso

Existem três elementos principais nos quais as equipes de criação e desempenho devem se concentrar para criar anúncios de história poderosos.

O contexto inclui ângulos de fotografia, fonte, animações, posicionamento e cor. Todas essas são decisões criativas que controlam sua capacidade de contar uma história. Trabalhe com seu departamento criativo para garantir que sua marca, oferta promocional ou produto estejam na vanguarda da atenção do consumidor em todo o anúncio. Considere usar os elementos nativos, como adesivos, pesquisas etc., que tornam as histórias mais atraentes e incentivam a interação, além de fazer com que seus anúncios pareçam menos, bem ... como anúncios!

O espaço dá à sua marca mais espaço para comunicar a mensagem pretendida ou pedir ação. Os anúncios do Instagram e do Facebook Story vão além do formato quadrado convencional, dando aos anunciantes espaço para explorar a tela vertical inteira das 9:16. Além disso, os formatos verticais garantem que o conteúdo seja entregue com atenção ininterrupta, pois os usuários não precisam girar a tela para visualizar imagens ou vídeos.À medida que a atenção dos consumidores fica cada vez menor, o tempo é essencial. Os formatos das matérias são projetados para um consumo rápido - as marcas devem capturar a atenção dos consumidores em cinco segundos para fotos e 15 segundos para vídeo. O desafio é criar um conteúdo que seja memorável em um ambiente temporário e leve as pessoas a parar de passar.

Também não pare no anúncio, considere todo o caminho para a compra e garanta que seus anúncios direcionem os consumidores para as páginas de destino relevantes para dispositivos móveis ou, ainda melhor, diretamente para o check-out; qualquer opção reduz o atrito e é muito melhor do que enviar os consumidores diretamente para o página inicial padrão.

No geral, os consumidores passam mais tempo imersos em histórias do que percorrendo feeds de notícias. Felizmente para os anunciantes, o formato do anúncio no Stories oferece mais opções de exibição do que outros formatos sociais.

A aparência e a função de suas histórias determinarão se os consumidores se envolverão com ela, especialmente em um mercado saturado. Quando criado intencionalmente - usando ótimo texto e peças criativas com uma clara ordem de ação - você aproveitará ao máximo seu investimento.




4 razões pelas quais o atendimento de chat ao cliente de mídia social é essencial para empresas de comércio eletrônico.


Fornecer suporte ao cliente através de seu site ou comércio eletrônico, telefone e e-mail é um ótimo começo, mas o atendimento ao cliente deve aprimorar a experiência do consumidor como um todo, o que significa que você deve conhecer seus clientes onde eles estão.


A mídias sociais atingem 75% de todas as pessoas on-line, e 76% dos usuários de mídia social compraram um produto que viram em uma publicação de uma marca. À medida que a venda social está aumentando, as marcas de comércio eletrônico devem pensar mais sobre sua estratégia de atendimento ao cliente em seus canais de redes sociais. Aqui estão algumas das razões mais importantes pelas quais o atendimento ao cliente de nas redes sociais é essencial nos dias de hoje.


1. Seus clientes já demandam atendimento on-time/on-line:

Como as pessoas podem comprar através das redes sociais, consequentemente, esperam receber atendimento ao cliente através das mesmas. Por que você usaria uma plataforma para comprar um produto e depois outra para receber atualizações sobre o status do seu pedido?

Pesquisa da Microsoft indica que 67% dos consumidores que usam as mídias sociais para interagir com as marcas no atendimento ao cliente esperam uma resposta dentro de 24 horas. Enquanto a maioria das pessoas espera uma resposta, 47% dos consumidores norte-americanos também têm uma visão mais favorável das marcas que tomam tempo para responder a perguntas ou reclamações de atendimento ao cliente nas mídias sociais.

Infelizmente, as marcas respondem a apenas metade das mensagens que recebem pelos canais sociais. Deixar de responder à mensagem social dos clientes pode levar a uma diminuição de 43% na retenção de clientes. Esses números são esclarecedores. Ao simplesmente responder às consultas de atendimento ao cliente de mídia social, sua marca de comércio eletrônico pode causar uma impressão positiva e significativa.


2. Conexão com o Cliente

A maioria das marcas de comércio eletrônico não tem o benefício de interagir com os clientes pessoalmente, de modo que eles precisam maximizar o tempo que puderem individualmente. Construir a lealdade do cliente é uma das etapas mais importantes para qualquer negócio de comércio eletrônico. Isso porque, entre outros motivos:

Os clientes que se envolvem com empresas pelas mídias sociais gastam de 20 a 40% a mais com essas empresas do que com outros clientes. Setenta e sete por cento dos consumidores têm maior probabilidade de comprar de marcas que seguem nas mídias sociais. Já noventa e seis por cento dos consumidores consideram que o atendimento ao cliente é um fator importante na decisão de quais marcas eles suportam.

Como mencionado anteriormente, os clientes desejam se conectar e se envolver com as marcas que oferecem suporte online. Os números indicam que os clientes mais engajados em seus canais de mídia social gastam mais dinheiro do que seus colegas menos engajados. Essas pessoas não querem se sentir ignoradas pelas marcas. A pesquisa social da Sprout constatou que 50% dos consumidores boicotariam uma marca por uma fraca resposta social.

Como marca de comércio eletrônico, você deseja se conectar com seus clientes para aumentar a lealdade e seus resultados. Seus clientes querem ser leais - você só precisa conquistá-lo.


3. Crescimento da marca

Encare isso, é muito legal quando as marcas que você segue respondem às suas menções ou respondem às suas perguntas on-line. Os clientes adoram saber que suas marcas favoritas estão ouvindo e que se importam o suficiente para responder. Quando os clientes amam sua marca, eles podem se tornar advogados valiosos da marca e você deseja o maior número possível de advogados.

As marcas de comércio eletrônico prosperam no suporte ao consumidor. Setenta e cinco por cento das pessoas dizem que têm maior probabilidade de postar algo positivo sobre uma marca que demora algum tempo para se conectar a elas on-line. Além disso, 71% dos consumidores que experimentam um serviço positivo de mídia social provavelmente recomendam a marca a outros. Considerando que 88% das pessoas confiam nas avaliações on-line escritas por outros consumidores, assim como confiam nas recomendações dos amigos, todo advogado de marca pode significar mais dinheiro para o seu negócio.

A mídia social é um dos melhores canais de publicidade boca a boca que já existiram. Fornecer atendimento positivo ao cliente por meio das mídias sociais pode criar um exército de defensores da marca, cada um com centenas a milhares de seguidores apenas esperando para se tornar clientes pagantes.


4. Atendimento mau feito tem consequências

Assim como a mídia social tem o poder de melhorar o reconhecimento e o suporte da sua marca para os seus negócios, ela pode ser usada contra você se você não tomar cuidado. Após uma experiência ruim com uma marca, apenas 30% dos clientes provavelmente recomendam sua marca. Isso não é o ideal, mas provavelmente também não prejudicará seus negócios.

O que pode prejudicar seus negócios, no entanto, é o fato de 45% dos consumidores compartilharem experiências ruins de atendimento ao cliente por meio das mídias sociais. Ninguém quer ser alvo de uma grande gafe de atendimento ao cliente, mas as mídias sociais aumentam a probabilidade de seus erros de serviço ao cliente nas mídias sociais explodirem em seu rosto. A mídia social é delicada e poucas empresas de comércio eletrônico podem sobreviver à má imprensa que vem de algo como o fiasco de automação do Twitter do Bank of America durante o movimento Occupy.


Em resumo: A mídia social evoluiu de uma plataforma para se conectar com amigos para um canal onde você também pode se conectar, fazer compras e obter ajuda de marcas online. As marcas de comércio eletrônico devem ter um cuidado especial para fornecer excelente atendimento ao cliente por meio de canais sociais, porque os clientes ja demandam este atendimento preferencial - e porque pode ser um grande benefício para os negócios e crescimento da marca.


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo